Olá. Meu nome é Markus Jahn. Trabalhei por dez anos como engenheiro de produtos na área de concreto projetado, primeiro na Sika Suíça e agora na Sika Services. Há 4 anos, eu e minha companheira, Susanne, compramos uma antiga casa de madeira em Flums, na Suíça. Nossa propriedade, que tem ainda um anexo e alguns terrenos, abrigou em tempos antigos o lagar de vinho do castelo cujas ruínas se encontram no lado oposto do vale – o castelo de Gräpplang.

Uma casa que se deslocou centenas de metros morro abaixo

Quando adquirimos a propriedade, oanexo estava quase como novo, ao contrário da casa propriamente dita. Não é fácil estabelecer quando essa casa foi construída, mas moradores antigos de Flums dizem que, há cerca de 60 anos, ela chegou a ser deslocada várias centenas de metros morro abaixo.

Ao que parece, a prática era frequente em propriedades desse tipo, por uma série de motivos – entre eles, o próprio método original de construção com toras de madeira. As paredes externas, formadas por vigas horizontais, podem ser desmontadas e reerguidas em um novo local com relativa facilidade.

Renovação da casa e à conversão

Nosso plano era renovar a casa, deixando-a mais simpática, e converter o anexo em um pequeno estábulo para nossosanimais. Estabelecemos para nós mesmos duas condições: fazer o máximo possível do trabalho sem ajuda externa e usar, onde viável, o maior número possível de produtos Sika.

Há um motivo para a primeira condição: cerca de 20 anos atrás, eu realizei um estágio em alvenaria e depois fui estudar engenharia civil, assim como Susanne. A segunda condição nasceu do meu trabalho atual: a Sika tem produtos muito bons, e eu, como colaborador, tenho acesso direto à “fonte”. Também posso recorrer a meus colegas em caso de dúvidas sobre produtos ou áreas fora de minha especialidade.

A maioria das obras de renovação que nós mesmos faríamos

No início de abril de 2013, começamos a escavar em busca de lençóis freáticos sob a casa. Assumimos todos os trabalhos de construção e a maior parte da marce-naria, mas devo dizer que jamais teríamos conseguido lidar com tudo sozinhos. Tivemos a sorte de encontrar auxiliares que nos apoiaram ativamente ao longo de todo o processo, sempre trazendo conselhos úteis.

Fazendo e Aprendendo

Utilizamos mais de 20 produtos Sika diferentes na reforma da casa, entre os quais destacamos as várias misturas e fibras sintéticas no concreto e nas argamassas – estas, pré-ensacadas (para reparos, reboco e revestimento por projeção mecânica) – e os diversos tipos de produtos para impermeabilização. Naturalmente, foram necessários produtos Sika para a cura, reforço e colagem do concreto.

Em retrospecto, posso dizer que esse foi provavelmente o treinamento de produto mais intenso que já fiz: um aprendizado na prática.

Mundado-se para a casa reconstruída

Em 1º de abril de 2014, finalmente nos mudamos para a casa que nós mesmos reconstruímos, e não tenho palavras para expressar o quanto nos sentimos felizes e satisfeitos. Logo depois da mudança, voltamos nossa atenção para o anexo. Em feve-reiro de 2015, depois de completada sua conversão em um pequeno estábulo, o espaço recebeu duas cabras prenhas que logo deram à luz lindos cabritos. No início da primavera, as cabras puderam apreciar a companhia de um grande número de coelhos.

Próximo projeto será um muro de pedra

Outro projeto em nossos planos é a construção de uma parede de pedra seca atrás da casa. Tenho feito muitas leituras de cunho técnico e histórico para aprender mais sobre essa prática ancestral. Como uma parede dessas requer apenas pedras, sem argamassa, provavelmente não teremos como aplicar nela nenhum produto Sika... mas, seja como for, já estamos pensando no que mais poderemos construir futuramente.

Saiba mais Sobre Sika Suíça