Protegendo fachadas com Sikagard® R-778

O prédio emerge totalmente de seu contexto urbano, influenciado pelos telhados de duas águas acentuados e a verticalidade dos prédios residenciais da cidade, pela monumentalidade dos ornamentos verticais de suas igrejas neo-Góticas e os volumes pesados de prédios classicistas e pelas torres que pontuam todo seu horizonte e as gruas de seu porto.

 

Abertura de uma agenda cultural com esse salão sinfônico de mil assentos

Com uma sala sinfônica de 1.000 lugares e uma sala de câmara com 200 de capacidade, a Sala Filarmônica de quatro andares, com 12.000 m² de Estetino na Polônia é o primeiro grande prédio público comissionado na cidade em 30 anos. O projeto sinalizou o desejo de uma cidade, um dia famosa por construção naval, de se redefinir, após o declínio industrial, aumentando sua agenda cultural, assim como os vários alemães vivendo por perto na fronteira, que já vem adquirir bens e serviços mais baratos. É uma redefinição que parece estar sendo ecoada agora de uma maneira mais ad hoc na cidade, comnovos café-bares hipsters começando a surgir,como os primeiros botões de gentrificação.

 

Fachadas - uma reminiscência de um iceberg

A Sala Filarmônica premiada fica localizada em um prédio moderno concluído em 2014 e projetado pelo estúdio arquitetônico de Barcelona Estudio Barozzi Veiga. As fachadas, reminiscentes de um iceberg, são feitas de uma placa de metal envernizada branca. No crepúsculo e à noite, graças aos milhares de LEDs instalados na fachada, o prédio se transforma numa lanterna branca durante eventos artísticos e parece branco e vermelho em feriados nacionais. Durante festivais municipais, o exterior brilha verde, azul e azul marinho para representar uma cidade de jardins flutuantes, capturando o significado do nome Polonês Estetino.

 

Branco predomina o Salão

O interior da Sala Filarmônica é imbuído com uma sensação de tranquilidade. Os brancos predominam do gesso e plástico das paredes internas, mobílias e bar às faixas de alumínio anodizado que elevam a altura das duas paredes externas ocultando escritórios adicionais, serviços e saídas de emergência. Uma larga escadaria leva até os setores da sala sinfônica e depois se estreita levando ao balcão. A luz solar clara é filtrada pelas clara boias nas laterais dos telhados inclinados acima.

 

Como proteger edifícios contra o vandalismo?

Mas, infelizmente, mesmo tais pérolas da arquitetura não são poupadas do dano colossal causado pelo vandalismo. Grafite não solicitado representa um grave problema estético e financeiro para proprietários e departamentos de serviço municipal em termos de manutenção deprédios e instalações. A manifestação impressionante da Sala Filarmônica claramente depende da aparência estética de sua fachada branca imaculada, que precisa ser preservada. A placa de metal pintada de branco descrita agora está protegida pelas soluções Anti-Grafite da Sika. A Sika fornece o revestimento transparente permanente Sikagard®-850 AG Anti - Grafitee Anti-Pôster, que pode ser facilmente aplicadopor pincel, rolo e equipamento de spray profissional a substratos minerais, substratos revestidos, madeira e até metal.

 

Excelente aderência do revestimento anti-grafiti

O substrato não precisa ser revestido novamente após a remoção do grafite como é o caso com sistemas sacrificiais alternativos. Não há necessidade de detergentes, removedores, água quente ou jatos de alta pressão. Tudo que é necessário é um jato simples de água ou mangueira de água fria e o grafite pode ser prontamente apagado com um pano limpo. Pôsteres, no entanto, não conseguirão colar. Eles simplesmente cairão sozinhos depois de alguns dias. Após a aplicação, o produto deixa um filme brilhante que pode enfatizar sutilmente as cores da propriedade.

 

Um novo tesouro cultural e arquitetônico

As soluções Anti-Grafite da Sika garantem que o novo tesouro cultural e arquitetônico de Estetino seja conservado. A cidade era a capital do Ducado de Pomerânia por um longo período, um membro proeminente da rica Liga Hanseática e, depois, um posto militar sueco. Adquirido pela Prússia em1720, passou por um período de estagnaçã oantes de aumentar dez vezes no final do século XIX para se tornar o maior porto alemão no Báltico – e, brevemente, a terceira maior cidade na Alemanha.

 

Um edifício para olhar para o futuro

Em 1945, foi entregue à Polônia e quase toda a população existente partiu para ser substituída por uma nova, do leste, resultando em uma cidade sem memórias. A Sala Filarmônica é só a mais nova e maior de uma série de esforços trabalhosos, mas conscientes dos governos pós-soviéticos da cidade de superar os diversos passados de Estetino e olhar para um novo futuro.

Para mais informações sobre a Sika:

Mais sobre o Projeto: