GOTTHARD - O COMEÇO

Fundação da Sika

Kaspar Winkler foi movido pelo seu espírito empreendedor quando estabeleceu as bases da nossa empresa em 1910. Ele inventou o Sika-1, um aditivo de impermeabilização com rápido tempo de pega para argamassa, usado para impermeabilizar o túnel de São Gotthard. Isso permitiu à empresa ferroviária suíça eletrificar a importante conexão entre o Norte e o Sul daEuropa.

Inovação que atende à demanda

Kaspar Winkler reconheceu a necessidade global crescente pelos seus produtos inovadores e lançou subsidiárias em todo o mundo. Já nos anos 30, 15 filiais da Sika na Europa, EUA, Argentina, Brasil e Japão estabeleceram novos mercados de produtos químicos para o setor de construção.

1910-1935
Trabalhos de impermeabilização no túnel do Rio Hudson
Imagem: Trabalhos de impermeabilização no túnel do Rio Hudson
A inovação de São Gotthard

Após os primeiros anos muito difíceis, o avanço veio quando a organização Caminhos de Ferro Federais da Suíça realizou testes bem-sucedidos usando a Sika para impermeabilizar os túneis da seção de São Gotthard. Isso se tornou necessário para que os trens elétricos pudessem ser usados. A organização impermeabilizou 67 túneis com a Sika durante os anos seguintes.

Expansões

Depois desse sucesso, Kaspar Winkler testou o potencial no exterior. Ele  percebeu que precisava de um gerente com experiência internacional e contratou um Diretor de Operações Internacionais, que fundou subsidiárias na Inglaterra, Itália e França entre 1926 e 1928.

No entanto, o diretor não queria ser apenas um funcionário, ele queria ser um parceiro. Por meio de acordos inteligentes, ele inviabilizou sua demissão e as partes posteriormente litigaram durante anos até que a empresa fosse novamente dividida por arbitragem, em 1932.

Em 1928, o genro de Winkler, Fritz Schenker, entrou para a diretoria executiva da empresa e prosseguiu com a expansão mundial. Em 1935, a Sika estava presente na Europa, América do Sul e Ásia.

1935-1970
Fritz Schenker (third from right) on a visit in Santiago de Chile, October 1959
Imagem: Fritz Schenker (terceiro a partir da direita) em visita a Santiago do Chile, outubro de 1959

Crescimento e crise

Os tempos eram difíceis durante a Segunda Guerra Mundial, mas as empresas Sika conseguiram continuar com seu trabalho.

Com a entrada de Romuald Burkard na empresa, foi iniciada uma segunda geração de mudanças na Suíça. Entre a sua entrada na empresa em 1953 e a morte do seu sogro Fritz Schenker em 1971, Burkard assumiu gradualmente a gestão do grupo. A Sika foi posteriormente listada na bolsa de valores suíça.

No entanto, quando a economia superaqueceu no final dos anos 60, a Sika entrou em uma grave crise. A Sika apenas conseguiu evitar a insolvência.

1970-1990
The adhesive Sikaflex was used for the windscreen of the BMW 7 series of the late 80's
Imagem: O adesivo Sikaflex foi utilizado para o para-brisa da BMW série 7 do final da década de 80.
Rumo a novos mercados... e ao Espírito Sika

A severa recessão dos anos 70 fortaleceu o Espírito Sika. O termo foi cunhado durante esse período e representava a forma como os funcionários sentiam uma responsabilidade pessoal pelo seu trabalho e pela empresa como um todo, bem como a atitude solidária e otimista dos funcionários em relação à empresa. O Espírito Sika ainda compõe o DNA da empresa hoje em dia.

Com o versátil adesivo Sikaflex, a Sika abriu um novo campo de negócios nos anos 80: a indústria automotiva. No processo, a Sika desviou-se do seu caminho tradicional de produtos químicos para o setor de construção. Com o Sikaflex e as argamassas recém-introduzidas, a Sika estava no caminho certo para o futuro.

Outro importante grupo de produtos que foi capaz de resistir à recessão foi o de "Renovação e manutenção". A fim de reduzir a dependência no setor da construção no futuro, a oferta de produtos de "Renovação e Manutenção" foi especificamente expandida. Um campo de mercado que ainda hoje é perseguido.

1990-2010
Rápido Crescimento
 

A Sika viveu a sua década de mais rápido crescimento. Somente entre 1990 e 1995, foram fundadas 16 novas filiais.

Graças ao ViscoCrete da Sika foi possível transportar o concreto até o piso mais alto do arranha-céu "Turning Torso", com 180 metros de altura, em Malmö, na Suécia, e conferir à fachada de concreto aparente uma superfície lisa como vidro
Imagem: Graças ao ViscoCrete da Sika foi possível transportar o concreto até o piso mais alto do arranha-céu "Turning Torso", com 180 metros de altura, em Malmö, na Suécia, e conferir à fachada de concreto aparente uma superfície lisa como vidro

 O volume de negócios aumentou de 2 bilhões de francos suíços para mais de 4,6 bilhões de francos suíços, dos quais uma parte significativa foi proveniente das 36 empresas adquiridas entre 2000 e 2008.

Durante esse mesmo período, a força de trabalho aumentou de 8.000 para 13.000 funcionários.

Do subsolo ao telhado

Desde 2000, a Sika resume suas principais competências nas áreas de fixação, vedação, amortecimento, reforço e proteção. Do subsolo ao telhado, a intenção da Sika era tornar-se líder de mercado nessas áreas tecnológicas.

MARCOS DESDE 2010:

Crescimento e inovação contínuos

O crescimento está no cerne da estratégia da Sika. Várias iniciativas contribuem para a conquista das metas. Desde 2015, a Sika fez 20 aquisições, abriu 11 novos subsídios nacionais e 37 novas fábricas. O bem-sucedido conceito de mercado-alvo foi implementado e as megatendências estão impulsionando o crescimento.

Nesse contexto, a inovação é um dos pilares da estratégia de crescimento da Sika: 333 novas patentes foram registradas e 20 Centros Globais de Tecnologia são mantidos em todo o mundo. A Sika está comprometida com o desenvolvimento sustentável. A estratégia de sustentabilidade da Sika começou com sucesso, com a empresa superando a maior parte das suas metas para 2015. As diretrizes da Global Reporting Initiative fornecem a estrutura para a elaboração de relatórios de sustentabilidade desde 2013.

Em maio de 2017, a Sika entrou para o Swiss Market Index (SMI), o principal índice da bolsa de valores suíça, contendo as 20 maiores empresas com ações blue chip da Suíça.Isso representa um marco na história da Sika e uma grande conquista que só foi possível devido ao sucesso da estratégia de crescimento e da gestão focada no desempenho.

Em maio de 2018, a Sika, a família Burkard e a Saint-Gobain assinaram acordos que encerram e resolvem sua controvérsia para benefício comum de todas as partes envolvidas e de seus respectivos acionistas e partes interessadas.

Em maio de 2019, a Sika conclui a aquisição da Parex, a maior aquisição da história da empresa. Com a aquisição, a Sika fortalece ainda mais sua posição de líder mundial em produtos químicos para o setor de construção.